Terrina Campestre

de aves

Tempo:

Custo:

Dificuldade:

Classificação: (0 Votos)

a minha Classificação

Terrina Campestre de Aves

Experimente servir as fatias da terrina com bolo-rei ou bolo rainha torrado.

Receita publicada na Revista Lusitana nº 48, pág. 13.

Ingredientes

Para a receita:

2 peitos de pato
300 g de peito de frango
100 g de toucinho
5 g de salva fresca
5 g de salsa fresca
200 g de fígados de frango
20 ml de vinho do Porto ou Moscatel
12 fatias de fiambre de peru
50 g de pistachos
50 g de alperces secos
Sal a gosto
Pimenta Preta em grão com moinho Espiga a gosto

Preparação

  1. 1
    Triture um peito de pato e os de frango num robot de cozinha junto com o toucinho e ervas – é muito importante que esta operação seja realizada com ingredientes e utensílios o maisfrios possível, caso contrário a fricção aquece a mistura e esta talha (pode colocar tudo no congelador 30 minutos antes de efectuá-la). Reserve no frio.
  2. 2
    Numa frigideira bem quente, doure ambos os lados do peito de pato
    restante. Reserve no frio.
  3. 3
    Retire parte da gordura do pato – se estiver em excesso – da frigideira e salteie os fígados de frango. Flameje com vinho do Porto. Deixe arrefecer e reserve.
  4. 4
    Revista integralmente um recipiente, previamente untado, com as fatias de fiambre de peru, deixando o suficiente de fora para depois cobrir o recheio.
  5. 5
    Pique grosseiramente os peitos de pato e os fígados de frango e envolva no preparado de carne juntamente com os pistachos e alperces. Ajuste os temperos.
  6. 6
    Coloque o preparado na terrina, pressionando bem para não criar bolhas de ar. Tape com o fiambre e cubra bem a terrina com folha de alumínio.
  7. 7
    Coza em banho-maria no forno a 150°C – a água chegará aproximadamente aos 75°C – durante 50 a 60 minutos.
  8. 8
    Deixe repousar cerca de uma hora à temperatura ambiente. Após esse tempo, coloque um peso sobre a terrina e guarde no frio até ao dia seguinte. Nessa altura, estará pronta a servir.
  9. 9
    Retire do recipiente e corte em fatias ou reserve por um máximo de sete dias no frio.

    Dica: Flamejar consiste em passar rapidamente os alimentos por uma chama depois de os regar com álcool, tornando-os mais crocantes.